Home > Blog

Gestão do cuidado: A primeira lei fundamental que a medicina deveria começar a ensinar

Publicado em: 06 de junho de 2022 | Por Luis Henrique Teixeira

Nesta série, vamos abordar como o cuidado do paciente vêm sendo realizado e para onde o mercado está caminhando. Está na hora pensarmos um pouco fora da caixa, o que acha? 🙂
Você deve estar se perguntando quem eu sou. Não, não sou médico, sou apenas um gestor e empreendedor de saúde que olha bem a quem realmente importa: O paciente.

Desde quando comecei a atuar com saúde em meados de 2015, sempre tive a felicidade de trabalhar com muitas pessoas de muitas formas e pensamentos muito diferentes. Mas o que estes anos de trabalho têm em comum?

O ponto em comum nestes anos de trabalho se reflete no paciente, é ele a principal atenção na medicina, as tecnologias desenvolvidas em benefício aos pacientes. No entanto, por que o mercado vem mudando?

Atualmente os profissionais de saúde possuem uma cultura de atender os pacientes devido a problemas pontuais de saúde, isoladamente de outros profissionais, orientar o paciente para aquele caso e só sabermos deste paciente quando ele volta ao retorno. Certo ou errado, a pergunta vai além disso: vocês acham que isso é suficiente? A resposta é: Não.

Cada vez mais, em tempos de comunicação e resolutividade acelerada, vemos atendimentos e orientações ruins para os pacientes, deixando-o livre com seu tratamento, sem nenhum controle de gestão de saúde, impactando diretamente no desfecho da saúde e na sustentabilidade da saúde do País.

E pra onde essa mudança está caminhando, aliás, correndo?

A mudança de mercado de saúde:

Estamos percebendo ao vivo uma mudança no mercado de saúde quando falamos de atendimentos e cuidados destes pacientes. Vocês, estudantes de medicina e profissionais já habilitados,  precisam pensar no foco ter a visão centrado e integral do paciente, e para isso acontecer, não basta ser apenas médico, é preciso ser médico e ter as ferramentas de tecnologias integradas ao seu dia-a-dia, é preciso ser um médico-humanizado 4.0, ou podemos dizer médico-humanizado 5.0?

São novas práticas de mercado, tecnologias aliadas à radiologia, engajamento de equipe e pacientes, gestão de saúde e predição de doenças, além de tantas outras que vemos diariamente, então nosso objetivo é ajudar vocês!

“Temos que começar a pensar na saúde global, uma saúde com tomadas de decisão humano e a base de dados. Temos que entender sobre gestão de cuidados!”

E é pra isso que estamos escrevendo esta série de textos, para mostrar quais os melhores caminhos de serviços, práticas de mercado e tecnologias estão sendo construídos pelo mercado em prol do benefício e sustentabilidade da saúde.

Nos próximos textos vamos começar a aprofundar em cada um dos temas!

Vamos juntos?

Esperamos vocês!

Compartilhe esta publicação.

Luis Henrique Teixeira

Formado em engenharia de produção, possui 07 anos de experiência como gestor hospitalar, atualmente é Co-Founder Com Saúde, seu plano de cuidado! Startup que utiliza tecnologias de gamificação para engajamento e prevenção de doenças.

5 1 voto
Avalie este post
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários

Buscar

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content

Veja também