Home > Blog

Tecnologia na medicina: afinal, quais são as evidências na Saúde Digital?

Publicado em: 27 de junho de 2022

As mudanças digitais estão cada vez mais avançadas e presentes no nosso cotidiano. Além disso, a tecnologia médica aumentou exponencialmente nos últimos três anos, trazendo benefícios tanto para os profissionais da saúde, como para os pacientes que se utilizam dela 

No setor da medicina, vemos essa tecnologia sendo aplicada nos prontuários eletrônicos, nas cirurgias robóticas, no avanço das consultas por telemedicina e nos aplicativos e plataformas de diagnóstico e rastreamento de doenças. Estes foram grandes protagonistas durante a pandemia, no combate à covid-19. 

Neste texto, focaremos nas evidências do crescimento das empresas healthtechs em saúde digital e na tecnologia na medicina, representadas como modelos de negócios e soluções inovadoras entre os cuidados médicos. 

Da mesma forma, abordaremos seus benefícios para quem oferece e para quem os usa, comprovando essas evidências a partir de dados que estão sendo publicados na literatura. Boa leitura!

tecnologia

Tecnologia na medicina e healthtech. 

Antes de começarmos a mostrar os dados sobre os benefícios da tecnologia na medicina, é importante ressaltarmos alguns conceitos, como, o que é uma healthtech? Quais são as áreas para desenvolvimento de healthtech? E qual a importância de healthtech para a saúde? Então sem mais delongas, vamos lá!

O que é uma healthtech?

Healthtech são empresas de bases de tecnologia e medicina para solucionar problemas relacionados à saúde e tudo que engloba esse setor. Para isso, elas criam meios inovadores para tornar mais humanizado o atendimento médico e também, trazer mais rapidez e conforto aos pacientes.

Áreas para desenvolvimento de healthtech.   

Na tecnologia na medicina temos as áreas de desenvolvimento de healthtech, que são: prevenção e diagnóstico, consolidadas pela telemedicina e inteligência artificial, aquela capaz de identificar a predisposição de doenças genéticas, entre outras coisas; a gestão e eficiência para aprimorar os serviços prestados pelas empresas; e a área de tratamento com tecnologia.

A importância de healthtech para a saúde.

A tecnologia na medicina é capaz de gerar importantes modernizações que trazem melhores experiências, reduzem os custos e ajudam a evitar sobrecargas nos serviços de saúde públicos e privados, principalmente no Sistema Único de Saúde (SUS).

Além disso, foram realizados ensaios clínicos randomizados criados pelo Dr. Eric Topol e compartilhada no Twitter (@EricTopol) que trouxeram evidências positivas para a saúde digital mostrando o impacto em algumas condições de saúde. Esses dados são mostrados na tabela a seguir. 

Tabela: Ensaios Clínicos de Saúde Digital

Condições Impacto
Asma 78% o uso de inalador; 

⬆ 48% dos dias sem sintomas.

Hipertensão  Melhor adesão à medicação 
Diabetes  Melhor controle da diabetes tipo 2.
Insuficiência Cardíaca  < admissão hospitalar e mortalidade.
Doença Inflamatória Intestinal consultas ambulatoriais e admissão hospitalar.
Câncer  sobrevivência nos casos de câncer de pulmão 
Dor de Cabeça  > eficácia na consulta
Deficiência Visual  > detecção nas crianças em idade escolar
Transtorno de Déficit de Atenção  atenção em crianças e adolescentes 
Esquizofrenia  significativamente as alucinações 

Fonte: Digital.Health. https://www.digital.health/evidence (traduzida). 

Exemplos de tecnologia na medicina.

Para cada condição de saúde da Tabela Ensaios Clínicos de Saúde Digital, foi usado um tipo de intervenção digital que pode ser dividida em: Aplicativos para smartphones para ajudar no tratamento e prevenção de hipertensão, câncer e deficiência visual, trazendo resultados de uma melhor adesão medicamentosa, aumento da sobrevivência e maior detecção, respectivamente.

Também podemos contar com os avanços tecnológicos na medicina, como o uso de intervenção por Telemedicina na diabetes, insuficiência cardíaca, doença inflamatória intestinal e dor de cabeça. Os benefícios vão desde o aumento no controle da doença até a redução na admissão hospitalar. 

Ademais, foram usadas outras formas de tecnologia como vídeo game, para o transtorno de déficit de atenção, Terapia Cognitivo Comportamental Digital para insônia e esquizofrenia e inalador com sensor GPS de pontos quentes, para asma.  

Um relatório do Instituto IQVIA para Ciência de Dados Humanos expôs que a propagação das ferramentas de tecnologia na medicina é alta e engloba mais de 318.000 aplicativos e sensores vestíveis. Além disso, o relatório mostrou que o avanço tecnológico da medicina é uma tendência voltada para tecnologias que impactam o atendimento ao paciente.

Tecnologia na Medicina

 

Portanto, podemos considerar que as evidências mostradas servem para ressaltar a importância da tecnologia na medicina e os benefícios do seu uso. Aumentando a sua implementação nos serviços de saúde, melhora-se o atendimento, bem-estar e solução para os pacientes, além de uma redução dos custos operacionais dos serviços de saúde.

Conheça os aplicativos de saúde. 

Para você, que ainda não usou nenhum aplicativo de saúde, pode começar entrando no aplicativo oficial do Ministério da Saúde, o Meu DigiSUS. Com ele, você terá acesso às informações contidas no Cadastro Nacional do Usuário do Sistema Único de Saúde, Portal Cidadão, Corporativo e Cadastro Nacional de Estabelecimento de Saúde. Então não perca tempo e comece a usar essa e outras formas de Saúde Digital disponíveis. 

 

REFERÊNCIAS:

Healthtech: O que é, para que serve e mercado. Conexão Saúde. Versão: 14 dezembro 2021. Disponível em: https://www.conexasaude.com.br/blog/healthtech/. Acesso: 24 janeiro 2022

EVIDÊNCIAS PARA TECNOLOGIAS E PLATAFORMAS RELACIONADAS À SAÚDE DIGITAL. Disponível em:https://www.digital.health/evidence. Acesso em: 24 janeiro 2022. 

Compartilhe esta publicação.
0 0 votos
Avalie este post
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários

Buscar

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content

Veja também